Elaboração do edital de licitação no pregão

Por Dra Flavia Vianna

O instrumento convocatório é elaborado na fase interna do certame, devendo levar em conta os seguintes requisitos:


a) – DEFINIÇÃO DOS CRITÉRIOS DE ACEITABILIDADE DAS PROPOSTAS COMERCIAIS:

 

Deverão ser definidos as condições de aceitabilidade das propostas quanto ao OBJETO e quanto ao PREÇO.

 

Na fase de classificação/desclassificação de propostas, o pregoeiro e equipe de apoio efetuam duas análises:

 

a) Objeto – se o objeto indicado na proposta dos licitantes atendem aos requisitos solicitados no edital;

 

b) Preço – se o valor está de acordo com os praticados no mercado (pesquisa de preços efetuada pelo órgão/entidade).


A verificação quanto ao OBJETO é efetuada logo após a abertura das propostas comerciais, chamada “exame de conformidade”.

 

Nesta fase inicial, as propostas que não estiverem com o objeto de acordo com o edital são desclassificadas; as que estiverem em conformidade com o edital serão classificadas e seguem para as próximas fases.


Já, o exame quanto ao PREÇO da proposta no pregão, somente deverá ser efetuado ao final da fase de lances, pois o valor escrito inicial das propostas sofre diminuição em função da fase competitiva de lances verbais ou virtuais.

 

ELABORAÇÃO DO EDITAL E ANEXOS

O instrumento convocatório devidamente assinado e rubricado (ou eletrônico no caso do processo eletrônico) precisa integrar os autos, bem como todos seus anexos (Termo de Referência, Projeto Executivo, Orçamento Estimado e Minuta do contrato).

Art. 38.  (...) I - edital ou convite e respectivos anexos, quando for o caso;

Todos os comprovantes de publicações: a do aviso do edital, do extrato do contrato, revogação ou anulação, resultado da habilitação e classificação nas modalidades clássicas etc.

Art. 38.  (...) II - comprovante das publicações do edital resumido, na forma do art. 21 desta Lei, ou da entrega do convite;

Todo processo necessita ter uma cópia do ato de designação (ex. Portaria) da comissão ou pregoeiro e equipe de apoio (ou leiloeiro). Todo processo necessita ser acompanhado de uma cópia desse documento.

Art. 38.  (...) III - ato de designação da comissão de licitação, do leiloeiro administrativo ou oficial, ou do responsável pelo  convite;

Propostas originais, atas e relatórios, pareceres.

Art. 38.  (...) IV - original das propostas e dos documentos que as instruírem;

Art. 38.  (...) V - atas, relatórios e deliberações da Comissão Julgadora;

Art. 38.  (...) VI - pareceres técnicos ou jurídicos emitidos sobre a licitação, dispensa ou inexigibilidade;

Atos de homologação e adjudicação

Art. 38.  (...) VII - atos de adjudicação do objeto da licitação e da sua homologação;

Recursos, impugnações, esclarecimentos e respostas.

Art. 38.  (...) VIII - recursos eventualmente apresentados pelos licitantes e respectivas manifestações e decisões;

Decisões de anulação e revogação.

Art. 38.  (...) IX - despacho de anulação ou de revogação da licitação, quando for o caso, fundamentado circunstanciadamente;

Minuta do contrato, que não pode ser modificada após a publicação do edital.

Art. 38.  (...) X - termo de contrato ou instrumento equivalente, conforme o caso;

Quaisquer outros documentos relativos ao caso concreto.

Art. 38.  (...) XI - outros comprovantes de publicações;

Art. 38.  (...) XII - demais documentos relativos à licitação.

Exame e aprovação da assessoria jurídica, com exceção da carta-convite que não precisa do parecer prévio da assessoria jurídica (mas a minuta do contrato sim).

Parágrafo único.  As minutas de editais de licitação, bem como as dos contratos, acordos, convênios ou ajustes devem ser previamente examinadas e aprovadas por assessoria jurídica da Administração.

A estrutura do edital deverá seguir o art. 40 da Lei nº 8.666/93, no que couber. 

Quem tiver interesse em aprofundar os estudos, convido para os CURSOS COMPLETOS E PROFISSIONALIZANTES sobre licitações e contratos DA VIANNA CLIQUE AQUI

© Vianna & Consultores 2019                 Tel 11 - 4229.5504                                                   email : vianna@viannaconsultores.com.br                                                                                 

Política de Privacidade